sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Pela inclusão de sentimentos confusos no google tradutor

É horrível quando algo acontece algo com você e você fica tipo sem entender bolhufas do que rolou. Msn é um prato cheio para coisas desse tipo e pessoas como eu são facilmente mal interpretadas nesse tipos de lugares. De boa, eu estou começando a achar que salas de bate papo como msn não são para mim, pois a menos que a pessoa já me conheça pessoalmente, existem nesses lugares uma pré-disposição das pessoas em algum momento acabarem me confundindo com certos tipos que nem passam perto de como eu sou ou quem sou.

Outra coisa engraçada é acreditar que nesses lugares só o tempo que você conhece ou teclas com essas pessoas é o suficiente para que qualquer uma das partes passe a conhecer melhor a outra. Isso é muito complicado, pelo menos pra mim, porque tenho posso dizer, amigos mesmo de msn com quem converso praticamente todos os dias e em alguns momentos noto claramente com o rumo de alguma conversa, etc, que aquela pessoa não tem noção de como sou, mesmo tendo certa intimidade ou profundidade de conversas comigo, tudo fica só na conversa mesmo, ou acaba ficando na mente daquela pessoa o que você é alí, naquele momento de conversa e não a idéia de como você é de verdade.

Por isso eu acredito, algumas amizades, verdadeiras amizades eu diria (pelo menos no campo virtual kk) não consigam ultrapassar as barreiras da internet, o virtual.Quantos de nós nunca passou por aquela situação típica onde após tempos de conversa que julgamos suficientes, resolvemos conhecer pessoalmente a pessoa e nos deparamos com o silêncio matador (cadê o entrosamento, a intimidade, onde foi parar toda aquela liberdade adquirida de velhos e bons amigos?!) que fica entre os dois até o mais sensato no momento se levantar e sair ou tentar balbuciar algo; isso quando passar direto e ignorar completamente o outro ser deixa de ser opção por causa do transito local ou do momento que é sempre inoportuno.

Esse negócio de conversa virtual tá ficando tão monstruoso que eu mesma tenho uma irmã que mora no mesmo lote que eu e só conversava comigo via msn, acreditem! Os dois meios de comunicação dela para comigo eram o celular e o msn. Ela nunca me ligou no celular para uma conversa fiada ou algo do tipo, um oi por exemplo; usava o cel como meio de recado do tipo "ta ocupada, faz isso, faz aquilo..." e nunca foram antecedidos por um "bom dia, boa tarde, boa noite, oi tudo bem" e nem finalizados com um "bom dia, boa tarde, boa noite, muito obrigada pelo favor que irá fazer".
Já no msn era onde ela conversava amigavelmente, zuava e tudo mais que rola numa conversa entre irmãs e renderiam risos coletivos se fossem feitas pessoalmente como antes, mas ela ficou tão reduzida a isso que não conseguia mais manter qualquer tipo de diálogo ao vivo e a cores, era estranho porque acaba de rir comigo ou tc comigo no msn e saía no quintal para fazer alguma coisa e era como se eu nem estivesse alí. Fui ficando tão revoltada com isso que parei de atender as ligações dela e de ficar online para ela no msn, esperando um "mova-se, viva!"...o resumo disso ??? Paramos de nos falar, literalmente, e eu não estou zuando não, não nos falamos mais mesmo. Esse e outros lances relacionados a nossa diferença de idade (ela é 8 anos mais nova que eu e a fase da irmã super heroína passou e com ela veio toda a incompatibilidade de gênios, como minha falta de tolerância para com a imaturidade dela, por exemplo). Hoje somos mais estranhas que dois estranhos que passam um pelo outro na rua.

Mas o motivo de eu estar postando isso tudo é o fato de um até posso dizer, grande amigo meu, ter me virado as costas, sem mais nem menos e sem motivo aparente (leia-se aqui piadinha sem graça insistente e zuadora, sarcasmo, humor negro, chatisse, excesso de zelo, aparente apelação ou chantagem emocional aos quais costumam ser motivos para esse tipo de atitude tão radical kk) e pior, creditando o ato como resposta de algo que segundo ele eu fiz e simplismente não consigo lembrar (não consigo mesmo, ate recuperei as conversas do msn que ficam gravadas automaticamente e não achei nada que pudesse denotar esse ato dele).

Eu que entrei no msn depois de mais de duas semanas sem teclar com nenhum dos meus amigos (as)  (principalmente ele) e que durante esse periodo sequer loguei no local, achei que ia ser recebida com a mesma saudade e alegria levei um verdadeiro "TOMA" nas fuças e nem tentando argumentar consegui tirar da cabeça dele que realmente fiz alguma coisa...enfim.

Juro que no dia achei até que fosse zueira da parte dele e talz, mas como depois do dia ele não me dirige mais a palavra, resta interpretar isso como um provavel termino de "amizade", isso se todo esse estardalhaço não foi criado como uma justificativa do que se queria fazer também, sim, porque se mesmo eu dizendo que não fiz nada ele julga e coloca em dúvida como sou, da mesma forma eu também posso levantar duvidas de como ele é em relação a amizade,não acham?!



PRONTO, FALEI: De tudo isso, eu realmente só fico chateada de talvez não estar conseguindo reproduzir fielmente a imagem do que sou ou de como sou, já que a impressão que fica é que sou alguém tão voluvel para ser julgada assim, fazer o quê néh!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta mas não inventa!