quinta-feira, 21 de julho de 2011

ENQUANTO ISSO...

Saudações Nefastas galera!

Até que enfim consegui passar por aqui, vocês devem estar pensando néh!? Na verdade sempre que dá passo por aqui, só não estava me sentindo bem pra postar alguma coisa pra vocês, ainda estou praticamente na mesma, ainda com pedras no meu caminho e sentindo dor pra variar, nada muito diferente do meu último post então como não mudou muita coisa não tinha muito o que falar, e como sou do tipo que prefere ficar calada do que falar merd* e não ando numa fase muito inspirada, preferi me limitar a só visitar o blog como vocês fazem mesmo.

Aliás, foi isso que de certa forma me estimulou a logar aqui hoje e escrever alguma coisa, dar notícias minhas para vocês, já que tem mais de um mês que eu não posto nada. É legal ver que mesmo eu não postando nada de significativo nos últimos tempos, as pessoas continuam vindo aqui ver se tem alguma coisa nova, etc e isso foi o que particularmente me motivou, pois apesar de eu ser radical quanto a esse negócio de fazer alguma coisa só pra agradar alguém, também sou radical quanto aquela coisa de valorizar amizade que vale a pena, então hoje posso dizer que tenho amigos que vem aqui de vez em quando ou sempre e que se encantaram com a minha nefasta pessoa e/ou as babozeiras que escrevo, então a troca é válida e quem é meu amigo sabe que pra meus amigos tudo!!! ;)

Bem, nesse tempo em que não estou dando as caras por aqui, tenho feito o que qualquer pessoa com problemas de saúde faz, tratamento, remédio e cama kk...mas como sou um enfermo inconformado da condição e mãe que não pode se dar ao luxo de sofrer a dor, pois tem um rebento dependendo de mim, a dor não dá um tempo porque eu não paro, não deito (ou só deito quando já estou rolando na dor) e evito ao extremo remédios (talvez por isso estou quase sempre nas upas tomando na veia kk) e continuo aguardando a porcaria da ligação do posto de doença (porque saúde é a ultima condição que eles dão pra gente néh?!) agendando minha consulta com o urologista (leia-se aqui especialista capaz de solicitar exames como tumografia, rx, ultrasson, e diagnosticar o que eu já estou obesa de saber kk, que estou com pedras nos rins, que estou sentindo dor e que elas ainda não saíram, por isso preciso de morfina (uia), buscopan composto e faca...aff alguem me diz pra que mesmo que eu preciso de médico ???)

Além disso continuo tecendo meus cash-cois aproveitando o restinho de inverno pra uma graninha extra, lendo muito classificado de jornal a procura incansável do meu lar doce lar e tocando minha vida lenta mas profundamente como o bom e velho som pinkfloydiano \,,/

Nesse período também rolou as festividades na escolinha do meu filhute (em outra ocasião posto sobre isso no COISAS DO RICO contando as novis dele, que agora curte suas ferinhas de julho com muito vídeo game, cinema e passeios quando minha dor dá um tempo. O bom é que o paizão ajuda nesse quesito e com uma pressãozinha minha passeia com ele mesmo sem mim pra ele não ficar socado em casa em plena férias.

Como tudo na vida é uma faca de dois gumes, também tenho passado por uma fase ruim (nem notaram néh kk), bem ruim aliás, por isso até que não ando postando nada, já que tenho tendencias fortes a me isolar de tudo e de todos quando estou com problemas e por já ter vivido muita coisa na vida, sou uma pessoa que decidi transmitir alegria por pior que eu esteja ou seja por dentro, é inclusive a teoria dos palhaços de circo (deve ser até por isso que eu adoro palhaço e me identifico tanto com essa magia do circo), aliás descobri que existe uma frase xicoxaveniana que ilustra tudo que sou, ela diz que alegria é algo que a gente não precisa ter pra dar (essa frase ilustra o quem sou eu do meu blog), mas confesso que a sina do palhaço é ser alegre e ser triste (essa frase completa a teoria dos caras pintadas de bolinha vermelha no nariz) e como palhaça que sou, nos momentos recolhidos da minha vida me pego pensando em como me sentiria também recebendo alegria, dessas de encher o peito e os olhos, então posso dizer que estou num momento egoísta e resolvi aproveitar esse momento de pedras na minha vida ( e nos meus rins kk) pra trilhar um caminho diferente pois este eu já ví que não está me dando muito sentido...entenderam ? Não???

Se não entenderam não se preocupem, ouvi de vários médicos que problemas nos rins  causam alto desiquilibrio emocional (chora demais, rí demais, tudo demais...) e esse post pode ser fruto desse inevitável descontrole kkk. beiças!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta mas não inventa!