terça-feira, 22 de março de 2011

DIA INTERNACIONAL DA ÁGUA !!!

Água é vida, e não existe vida sem água. Da frase anterior você provavelmente me critica mencionando que sim, é possível viver sem água, eu digo que não. As pessoas costumam contabilizar e memorizar o uso direto da água, e com isso, mesmo embora já se saiba que chegará o dia em que não teremos mais água em nosso planeta, por morarmos em um país onde ainda não temos de disputar água como bichos igual já ocorre em outros países do mundo afora, acabamos banalizando o uso consciente desse recurso, atribuindo esse tipo de coisa a hippies e pessoas ecologicamente corretas, nos esquecendo por completo de que se tratando de um recurso finito e com data prevista de termino, deviámos todos obrigatoriamente colaborar imediatamente, atrasando o quanto antes esse fim.



Na escola ainda pequenos aprendemos sobre a importancia da água para nosso corpo e para nosso planeta, e mesmo hoje em dia com tanta informação, nos limitamos a entender disperdício como consequencia domestica, o que é errado, já que direta e indiretamente tudo que nos rodeia de alguma forma, em algum momento ou processo de criação, necessitou de água para estar alí; então seria correto parar de pensar e agir limitado, como se a água que disperdiçamos quando usamos a torneira do vizinho, do trabalho ou na rua não nos fará falta algum dia na vida. É preciso entender, que uma mísera gota que esperdiçamos hoje, pode um dia nos fazer falta a ponto de nos matar literalmente, seja pela sede ou seca.



 Como cinéfila de plantão posso indicar dois filmes distintos que entre outros tipos de caos e destruição no planeta, mostra bem como a falta de água pode nos afetar. No primeiro filme de nome traduzido em nosso idioma como  "A estrada", é possível acompanhar o drama de um pai com seu filho em busca de sobrevivência num mundo completamente destruido por bombas e guerras e falta de água potável, bebível, além claro, do caos instalado.

Em outra linha de filme temos o atual "127 horas" baseado em fatos reais do alpinista Aron ralston, montanhista preso após queda num desfiladeiro de Utah (E.U.A). No drama vivido pelo alpinista percebemos o quanto mortal pode ser a falta de água em nosso organismo. Um olhar que vai além do que teoricamente aprendemos e só quem já passa sede pelo mundo afora consegue entender que assim como as plantas que aguamos no jardim, somos mais dependentes que imaginamos deste recurso.





As pessoas podem achar uma besteira eleger para a água um dia de comemoração, ou mesmo manter uma falsa consciencia de uso somente na data de hoje, voltando amanhã ao disperdício, ignorancia e egoísmo total em suas ações; mas a data de hoje não foi escolhida a título somente de comemoração,é mais como uma dia para podermos reforçar em nossa mente que dependemos deste recurso, a vida na terra depende de água e seria egoísmo cuidar deste recurso de forma suficiente apenas para nós, já que o futuro é todo o dia seguinte, dele depende a água, dele depende você, assim como você para estar nele dependerá da sua atitude hoje. Pense!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta mas não inventa!